Notícia

A Alemanha está perdendo a conexão com o sistema de saúde digital?

A Alemanha está perdendo a conexão com o sistema de saúde digital?



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Pesquisa: A confiança no sistema de saúde alemão está diminuindo

Uma grande pesquisa mostrou recentemente uma nova tendência na área da saúde. Aparentemente, mais e mais alemães estão perdendo a confiança em nosso sistema de saúde. Por outro lado, a confiança na indústria farmacêutica está aumentando. Os especialistas veem o motivo da perda de confiança na falta de inovações que já são padrão em outros países.

Em comparação internacional, o sistema de saúde alemão está muito atrasado em termos de desenvolvimento tecnológico. A empresa líder de auditoria e consultoria PwC faz essa avaliação. Pela quinta vez, a empresa publicou o "Healthcare Barometer 2019", cujo objetivo é representar a opinião dos alemães sobre o nosso sistema de saúde.

Quase não avançamos no tópico e-health

"Em outros países, registros eletrônicos de pacientes, medições flexíveis de tempo via aplicativo ou tratamento independente do local via chat por vídeo são uma realidade", relata Michael Burkhart, chefe de assistência médica da PwC, em um comunicado à imprensa sobre os resultados da pesquisa. Na Alemanha, no entanto, a tecnologia digital está atingindo apenas lentamente os pacientes.

Apenas um em cada três está satisfeito com a visita do médico

Isso também se reflete na pesquisa. Apenas 55% dos cidadãos classificam o sistema de saúde alemão entre os três primeiros do mundo. Dois anos atrás, 64% acreditavam nisso. As visitas a médicos em consultório particular também deixam cada vez mais o descontentamento. Segundo a pesquisa, quarenta por cento dos residentes reclamam que o médico leva muito pouco tempo. Apenas 33% estão satisfeitos com as visitas ao médico.

Desejo por mais flexibilidade

"As expectativas de atendimento e serviço aumentaram significativamente", resume Burkhart. Isso é combatido por uma escassez de tempo, que se tornou cada vez mais o problema central em nosso sistema de saúde. Isso tem um impacto cada vez mais negativo na relação entre médico e paciente. Agora é ainda mais importante que os médicos enfatizem mais o fator humano e, ao mesmo tempo, aliviem os procedimentos de rotina. A tecnologia digital pode dar uma grande contribuição para isso.

Fugir para a indústria farmacêutica?

Em contraste com a queda da confiança nos médicos, há um aumento da confiança na indústria farmacêutica. Embora 69% dos entrevistados vejam a indústria farmacêutica como uma empresa que visa maximizar os lucros, a indústria conseguiu melhorar continuamente sua imagem desde 2014. Segundo Michael Burkhart, os enormes avanços na terapia do câncer são uma das razões para o aumento da confiança. O comércio on-line de medicamentos também está crescendo. Dois terços dos entrevistados obtêm seus medicamentos online. Aqui, as tecnologias digitais já chegaram há muito tempo, diz Burkhart.

Satisfação com as companhias estatutárias de seguros de saúde

A grande maioria dos entrevistados (86%) está satisfeita com os serviços prestados pelas companhias estatutárias de seguros de saúde. Esse valor aumentou até dois pontos percentuais em comparação com a última pesquisa. "Presumivelmente, esse resultado reflete a boa situação econômica das seguradoras estatutárias de saúde, o que lhes permite conceder benefícios adicionais", disse o especialista da PwC. A conclusão é que a Alemanha ainda é um país com níveis muito altos de assistência médica, enfatiza Burkhart. No entanto, os resultados da pesquisa mostram que é hora de novas tecnologias entrarem em vigor em todos os setores, para que médicos e pacientes sejam aliviados. (vB)

Informações do autor e da fonte



Vídeo: Prosa Vascular: Tópicos em Doença Carotídea (Agosto 2022).